Posts com a Tag ‘Buscapé’

 

Buscapé promete reembolso para clientes de lojas virtuais prejudicados

O grupo Buscapé Company acaba de lançar o serviço Buscapé Protege, para auxiliar clientes de lojas virtuais que enfrentam problemas em compras online.

A empresa explica que o consumidor que se cadastrar no novo serviço e aceitar os termos de uso contará com a intermediação do Buscapé para resolução de problema sempre que um produto adquirido a partir de pesquisa no site de comparação de preços não for entregue, chegar danificado ou não atender às especificações acordadas no ato da compra. Em última instância, se o problema não puder ser resolvido, o cliente poderá ser ressarcido em até R$ 500,00.

Pelas normas do novo serviço, o prazo para o cliente fazer a reclamação sobre a compra é de até 45 dias após a data do pedido. A partir do contato feito pelo consumidor, o Buscapé tem 45 dias para resolver o problema ou efetuar o reembolso.

A empresa esclarece, ainda, que o serviço pode ser utilizado somente uma vez no ano-calendário, e que o valor do reembolso não é cumulativo. A princípio, a proteção de ofertas cobre apenas lojas com classificação Diamante da e-bit e lojas conveniadas com a e-bit que utilizam Pagamento Digital como meio exclusivo de pagamento.

O consumidor deve atentar para o fato de que o Buscapé Protege não é válido para algumas situações específicas, como casos de greve dos Correios, produtos importados, produtos com defeito e já enviados para análise e com prazo para estorno do cartão de crédito.

Página do Buscapé compara preços de listas de material escolar

O site de comparação de preços Buscapé anunciou nova ferramenta para comparação de listas de material escolar e consultas a preços de produtos em lojas sugeridas. A ferramenta já conta com mais de 200 listas prontas, mas também permite que o usuário crie relações personalizadas e compare-as inteiras, de uma só vez.

De acordo com o Buscapé. A diferença de preços de uma relação para outra pode superar R$ 250,00. No caso de preços individuais de produtos, a diferença é ainda mais expressiva, podendo chegar a 500%.

Para ilustrar os eventuais benefícios da ferramenta para pais e mães com crianças em idade escolar, o site cita o exemplo da relação completa do 6º ano do Colégio Rainha da Paz.  A lista mais barata custaria R$ 784,04, enquanto a mais cara sairia por R$ 1.042,78, uma diferença de R$ 257,74.

SaveMe compra Moda it e fortalece e-commerce do Buscapé

O agregador de sites de compras coletivas SaveMe, controlado pelo Buscapé Company, informou que acaba de adquirir o Moda it, um website que reúne mais de 70 blogs nacionais e internacionais relacionados com moda e dicas de beleza, entre os quais Lala Rudge, Blog da Thássia, Lu Tranchesi, Petiscos e Blog da Maria Sophia. Trata-se da primeira aquisição do SaveMe desde que foi criado, há pouco mais de um ano. Os detalhes da transação não foram revelados.

Em comunicado, as empresas envolvidas destacam, entre os principais objetivos, a diversificação de ofertas e facilidades para os usuários e complementação da estratégia de e-commerce do Buscapé. “Poderemos agregar à categoria utilizando todas as ferramentas disponíveis em nossa plataforma de Digital Commerce”, diz Romero Rodrigues, CEO do Buscapé Company.

O sócio-diretor do SaveMe, Guilherme Wroclawski, aponta o crescimento espontâneo do Moda it no Facebook (mais de 50 mil seguidoras em seis meses) e o modelo do site como pontos decisivos para a compra. “O modelo do Moda it nos pareceu amigável às usuárias, com potencial de gerar mais tráfego qualificado e apelo comercial”, diz.