Posts com a Tag ‘Twitter’

 

Senhas furtadas no Twitter superam 30 mil em um mês na América Latina

Mais de 31 mil senhas de usuários do Twitter na América Latina foram roubadas no último mês de abril, segundo levantamento realizado pela ESET, especializada em software de segurança.

O golpe, conhecido como “phishing”, baseou-se em falsa mensagem enviada via microblog, a qual apontava o usuário como vítima de supostos rumores.

De acordo com Camillo Di Jorge, country manager da ESET no Brasil, o objetivo desse tipo de fraude é aguçar a curiosidade da vítima e estimulá-la a clicar em link malicioso e a fornecer senhas de acesso.

Os analistas da ESET alertam que, das mais de 31 mil senhas furtadas no Twitter, a maior parte era formada por caracteres bastante fáceis de adivinhar, como “twitter1” ou a repetição de palavras, como “boyboyboy”.

“Essa constatação serve de alerta para as pessoas escolherem melhor suas senhas”, diz Di Jorge. Ele orienta os internautas a sempre optar por um conjunto variado de caracteres e números, escritos em caixa alta e baixa, para aumentar a segurança da senha.

De acordo com a ESET, o golpe no Twitter e o malware Flashback para Mac (ataca equipamentos com sistema operacional Mac OS para roubar senhas e informações dos usuários) foram o destaque entre as fraudes digitais na região, no período levantado.

Usuários do Twitter são alvo de novo golpe virtual

Mensagens que induzem usuários do Twitter a clicar em link malicioso e informar credenciais de acesso ao microblog já afetaram mais de 31 mil internautas ao redor do mundo, segundo a fornecedora de soluções de segurança ESET.

O novo ataque virtual, caracterizado como phishing (golpe eletrônico que tem como objetivo furtar dados confidenciais), utiliza a chamada engenharia social, por meio da qual os cibercriminosos se aproveitam da curiosidade das vítimas para induzi-las a clicar em links contaminados

Os especialistas da ESET apontam que, até o momento, os cibercriminosos utilizaram apenas frases em inglês para disseminar o phishing. No entanto, é alta a probabilidade de que o golpe se propague em outras línguas, inclusive o português.

Camillo Di Jorge, country manager da ESET no Brasil, recomenda cuidados redobrados diante de links fornecidos no Twitter, além do uso de antivírus atualizados.

Trending Topics no Brasil apontam para fenômeno da segunda tela, diz E-life

Estudo da  E.life, especializada em inteligência de mercado e gestão do relacionamento nas redes sociais, aponta que assuntos relacionados com eventos e programas de TV são os mais populares no Twitter entre os usuários de São Paulo e Rio de Janeiro. As duas categorias juntas somaram 55% dos termos que mais vezes chegaram aos Trending Topics (tópicos mais populares no microblog) nas duas cidades, entre os dias 19 de janeiro de 2012 e 23 de março de 2012.

Os números da E.life indicam o fortalecimento no país do fenômeno da segunda tela, que ocorre quando pessoas conversam por meio de redes sociais, via dispositivos móveis ou PCs, ao mesmo tempo em que assistem programas na televisão.

“Essa tendência deve estimular as agências de propaganda e os profissionais de comunicação a desenvolverem peças para mídias tradicionais mais conectadas às redes sociais, utilizando mais recursos como hashtags e fanpages, linkados a essas campanhas”, diz Alessandro Barbosa Lima, principal executivo da E.life.

De acordo com o monitoramento, os cinco assuntos que mais vezes apareceram nos TTs do Twitter em São Paulo foram, pela ordem: Carnaval, Big Brother Brasil, Oscar, Mulheres Ricas e Brasil. No Rio de Janeiro, os temas foram os mesmos, mas em ordem ligeiramente diferente: Carnaval, Big Brother Brasil, Oscar, Brasil e Mulheres Ricas.

Twitter vai à Justiça contra spammers

O Twitter anunciou que entrou com uma ação na Justiça de São Francisco, nos Estados Unidos, contra cinco empresas que estariam por trás da maior parte dos spams que aparecem no microblog. Na verdade, trata-se de companhias que constroem ferramentas projetadas para distribuir spam no Twitter e em toda a web, conforme explica o site de relacionamento, em comunicado.

“Com esta ação, vamos direto à fonte. Fechando provedores de ferramentas, evitaremos que outros spammers tenham  esses serviços à sua disposição. Além disso, esperamos que o processo funcione como elemento de dissuasão para outros spammers, demonstrando a força do nosso compromisso de mantê-los fora do Twitter”, diz a nota.

Além dos spams, o Twitter enfrenta um outro desafio, talvez mais difícil de ser superado: a “chatice” de grande número  de mensagens postadas diariamente em suas páginas.

Segundo estudo realizado pela Carnegie Mellon University (CMU), os próprios usuários do microblog avaliam que, de todos os tweets que recebem, apenas 36% valem a pena ser lidos, enquanto 25% não merecem ser lidos de forma alguma — em sua maior parte (82%) por serem mensagens “chatas”. O restante das mensagens recebidas  (39%) provocam sentimento ambivalente no leitor.

Mauricio de Sousa Produções e Turma da Mônica estreiam no Twitter e Facebook

A Mauricio de Sousa Produções (MSP) inaugurou hoje, 30, suas páginas oficiais no Facebook e Twitter para comunicação B2B, ou seja, voltadas para interessados em fazer negócios com a empresa ou em divulgar suas iniciativas nos campos de quadrinhos, livros, animações, espetáculos, eventos temáticos, exposições, produtos digitais, projetos institucionais e licenciamento de produtos.

Já os canais da Turma da Mônica, focados em um  público adulto que cresceu com a Turma, trazem à tona um acervo da MSP que inclui tirinhas originais, anúncios que marcaram época, fotos e informações sobre produtos que fizeram parte da infância de várias gerações de brasileiros. Os canais também divulgarão imagens de protótipos que saíram das pranchetas da MSP, mas ainda não chegaram às prateleiras.

De acordo com a empresa, um dos principais apelos da assinatura de Mauricio de Sousa em produtos é o reconhecimento e valorização do público. Além disso,  um produto licenciado pela MSP se beneficia da constante aparição de seus personagens em gibis, revistas, TV, DVD, internet e redes sociais.

“Nossos personagens são nosso principal ativo, mas, além de estar nos gibis, responsáveis por 86% do mercado de quadrinhos infanto/juvenis no Brasil, a Turma da Mônica está em mais de 2.500 produtos”, diz a diretora comercial da empresa, Mônica Spada e Sousa. Ela acrescenta que a marca está apostando em parcerias locais na região Nordeste, no setor alimentício, e também em novas possibilidades de licenciamento, como esmaltes, cadernos e mochilas para o público pré-adolescente e adolescente.

As novidades da MSP vinham sendo comunicadas pelas empresas parceiras ou pelo perfil do próprio Mauricio de Sousa no Twitter (@mauriciodesousa), que detém mais de 185 mil seguidores.